FIM DO BOLSA FAMÍLIA 2019?

Baixar PDF

Fim do Bolsa Família 2019? A casa caiu para os beneficiários do Bolsa Família em 2016/2019: Em anúncio feito hoje pelo então presidente Michel Temer, o fim do Bolsa Família foi confirmado para 600 mil famílias em 2016 segundo notícias do Jornal o Globo e G1.

O #Governo de Temer anunciou as mudanças drásticas no regulamento de atribuição do Bolsa Família para todos os beneficiários, tentando assim eliminar ao máximo as fraudes que se verificavam nos últimos anos. Tal como informa o site “Globo”, a intenção do Governo é cruzar as informações dos cidadãos por seis bases de dados oficiais no momento da inscrição de qualquer brasileiro. Com esse maior rigor, só nesse mês de setembro cerca de 600 mil famílias vão perder o benefício que recebiam, por não se incluírem nos novos regulamentos do benefício financeiro.

Fim-do-Bolsa-Família-2019

Fim do Bolsa Família

Bolsa Família é atualmente o maior programa social do Brasil e ajuda cerca de 50 milhões de brasileiros, sendo que seu principal objetivo é mesmo contribuir para a redução da pobreza extrema que ainda se verifica muito no território brasileiro. Contudo, e devido à crise financeira e política, Michel Temer considerou importante tomar medidas extremas na continuação do programa.

Além do CPF ser obrigatório para todos os membros da família que vão beneficiar do programa, também o número de tolerância para os beneficiados vai reduzir de três para dois anos, aumentando assim consideravelmente a rigidez do programa, tal como informa o site “Globo”. Com essas novas regras, que estão causando muita polêmica entre milhares de brasileiros, 600 mil beneficiários vão perder o benefício e, ainda que sendo apenas uma estimativa, o Governo de Temer considera que o número de bolsas atribuídas pode facilmente ser reduzido na ordem dos 20%, ou seja, em pouco tempo cerca de 10 milhões de brasileiros podem perder seu Bolsa Família.





Bolsa Família 2019

Considerada por muitos cidadãos um programa essencial para tirar milhões de pessoas que vivem em risco de pobreza extrema, as mudanças de Michel Temer no benefício estão provocando muita revolta e choque a muitos brasileiros que, com a nova fiscalização, temem que possam perder seu benefício. Ainda assim, o Governo Temer garante que quem realmente precisa não vai deixar de receber o apoio financeiro do Estado brasileiro, sendo que essas novas regras apenas servem para eliminar declarações falsas e fraudes cometidas que significavam um prejuízo gigantesco nas contas do país. #Bolsa Familia

Pela ideia do governo Temer, o beneficiário de colocar os filhos em um estágio em empresas privadas no segundo turno escolar. Quando criado, o programa condicionava as famílias apenas a manter as crianças estudando, com comprovante de frequência. Além da questão da renda mínima, cobrava, também, acompanhamento dos pequenos na área da saúde.

Além de exigir que as crianças trabalhem, o governo Temer quer que os pais façam trabalho voluntário para compensar o recebimento da bolsa.

Para dizer que promove algum avanço no projeto, o governo Temer quer aumentar em R$ 20 o valor da bolsa. O programa mudará de nome e passará a se chamar "Bolsa Dignidade".

Com essas mudanças, Temer espera propagar que acabou com o caráter "assistencialista" do Bolsa Família. E você concorda com fim do bolsa família 2019 para quem não se enquadra nas regras criadas por Michel Temer? Responda nos comentários. Abraços.

Termos:

  • Fim do Bolsa Família
  • Corte do Bolsa Família
  • Fim Bolsa Família 2019
  •  Michel Temer Fim Bolsa Família
  • Fim do Bolsa família 2019

Faça uma Pergunta:

Fazer uma pergunta:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *